Os militantes das Casas racionalistas cristãs, como fiéis instrumentos das Forças Superiores, verdadeiros “espelhos” da Luz Astral Superior. Pedro Pesce

Esta coletânea de artigos que denominamos “Esteios do Bem”, é fruto da ideia em pesquisar e construir artigos a 4 ou mais mãos, idealizado por José Gonzalo, entre companheiros estudiosos da Doutrina Racionalista Cristã.
Assim, os artigos floresceram dentro da espontaneidade entre seres de boa vontade, dispostos a crescer espiritualmente e registrar suas pesquisas.

Coragem para promover o bem

Limpeza Psíquicas
Ao estudar o passado atávico da humanidade, é visível, a constante ameaça ao animal homem, em ser caçado quando ele próprio estivesse caçando, individualmente ou em bandos, enfrentando as condições adversas e as intempéries o fez covarde, mentiroso, astuto, e matreiro, como recurso de auto defesa.

"O que mais preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bonsMr. Martin Luther King Jr.

Inventou, fantasiou, criaram-se lendas, foram contadas de um para o outro, de povo para povo, de acordo com seus medos e crendices individuais, mas, em situações de completa adversidade.

O poder do Silêncio

Paira o silêncio; o meditar consigo próprio, abrindo as lacunas da alma e, neste encontro, abrigar os pensamentos de uma brisa suave, reconfortando o espírito repleto de uma ânsia, dantes irresoluta, sem quê nem porquê, mas ávida de querer.

O caminho é longo, traça-lhe uma retilínea, mas as impurezas próprias deste mundo por vezes o tornam sinuoso. O que fazer então, senão buscar e entender "O poder do silêncio"!

Bem longe daqui, pessoas que conhecem a Doutrina pensam e irradiam como ela ensina, nos momentos certos, e se sentem felizes com isso. O pensamento irradiado com firmeza, com intensidade, com valor conduz ao progresso material e espiritual. Portanto, mãos à obra, pensamentos às alturas e decisão certa nos momentos certos.” Maria Cottas

Antes de uma introspecção irradie, procure sentir sua respiração, controlando-a, sentindo ou proferindo e entonando as palavras dentro de seus pensamentos em prol de um pleno entendimento; se as mãos se postarem nalgum lugar, mergulhe na sensação de senti-las flutuarem e se envolvendo nessa irradiação receba a energia emanada do Astral Superior.

O Espírito - Essenciais valores



O universo é uma "Obra" da Força Criadora composta por duas componentes essenciais: a Força e a Matéria.

Tudo que existe no Universo se baseia nesta síntese e dela resulta toda a nossa existência, traduzida por códigos genéticos e ilustrada pela biodiversidade de espécies vegetais e animais, e até pelos minerais.

O homem como resultado desta “obra” magnífica da Força Criadora, partícula de inteligência universal, surgiu neste universo por evolução e se compõe por semelhança da mesma força e matéria.

E a força é transposta no homem através da sua alma ou Espírito.

E o Espírito é força que anima o corpo físico do homem (matéria), é inteligência, é poder criador.

O Espírito usa-se da matéria para a sua evolução.

E a evolução do Espírito dá-se quando este é capaz de desenvolver os seus atributos espirituais.

Os atributos do Espírito são inerentes ao todo, produzem movimento em forma de vibração, quando postos em ação, penetrando no espaço infinito do universo e sintonizando com este de acordo com a vibração emitida.

Mente sã, corpo são

Como a Força não se destrói, não se aniquila, existe e persiste, vem da natureza em marcha para o eterno, está em busca do seu progresso e a depurar-se em múltiplas re-encarnações, o espírito não envelhece nunca, o que envelhece é o corpo.

Elevem os pensamentos às Forças Superiores quando se sentirem fraquejar, na certeza de que elas não lhes faltarão com seus eflúvios. O pensamento é tudo; a força do pensamento tem um poder imenso e por isso se diz, na Terra, que ela é capaz de remover montanhas” Carlos Chagas

O espírito encarna para reparar suas falhas e débitos, em luta constante com a adversidade, até atingir conhecimentos sobre a espiritualidade, onde passará a mundos mais adiantados para chegar à perfeição, ou seja, ser luz puríssima.

Livre arbítrio – Pode ser restringido ao espírito o seu uso?

A liberdade reside no âmago das aspirações humanas, o homem desde sempre procurou a liberdade, fugindo das intempéries encontrou soluções adequando-se a novas situações e a novos lugares. Mas é sem dúvida com liberdade que o ser encontra prazer em viver e constrói uma personalidade saudável.

A liberdade é um componente vital ao homem, faculdade de agir de um ou outro modo, ou de não agir, por seu livre-arbítrio.

O livre-arbítrio é uma faculdade espiritual que significa liberdade plena de ação, tanto para o bem como para o mal, dirigida pela vontade e orientada pelo raciocínio.

Quanto maior o poder de raciocinar, maior a evolução espiritual do ser, maior possibilidade tem de aperfeiçoamento em usar o seu livre-arbítrio sempre na prática do bem e na promoção gradativa da sua evolução espiritual.